Observa-se uma ortopedista explicando para um paciente as categorias de osteoporose em idosos.
Publicado em 22 de janeiro de 2021

Doença óssea: conheça os principais tipos de osteoporose em idosos

Todas as categorias de osteoporose em idosos devem contar com um acompanhamento profissional. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil é um dos países com mais casos de osteoporose no mundo. Estima-se que o país tenha cerca de 18 milhões de pessoas com essa doença. Saiba mais sobre o assunto ao longo deste artigo!

Conheça as categorias de osteoporose em idosos

As categorias de osteoporose em idosos são classificadas de acordo com o grau da doença. Elas se organizam em osteoporose primária e secundária.

O alcance da idade mais avançada pode ser considerado uma conquista pessoal de cada um. Mas com a idade, também surgem os problemas de saúde. A osteoporose é uma das doenças mais comuns entre os idosos.

Essa doença faz com que a densidade dos ossos fique baixa, resultando na fraqueza deles e os deixando vulneráveis. E nessa condição, os ossos ficam mais frágeis, podendo ser facilmente fraturados.

E o maior perigo é justamente o seu silêncio. Pois os tipos de osteoporose em idosos só são identificados na maioria das pessoas quando algum osso é fraturado.

Principais causas da osteoporose

  • Disfunção da tireóide;
  • falta de cálcio nos ossos;
  • sedentarismo;
  • má alimentação;
  • consumo de nicotina;
  • consumo desenfreado de álcool;
  • falta de vitamina D.

Conheça as categorias de osteoporose em idosos

Osteoporose primária

Os tipos de osteoporose em idosos podem variar de acordo com a idade e sexo, pois essa doença é muito mais comum de se manifestar em mulheres idosas. Isso ocorre pelo fato de que, após a menopausa, os seus níveis de estrogênio diminuem consideravelmente. A falta desse elemento no corpo é crucial para o desenvolvimento da osteoporose.

Porém, os homens não são imunes. É válido ressaltar que quanto mais idosa a pessoa for, menos estrogênio o corpo dela irá produzir. O que pode ser relacionado à causa da doença.

Osteoporose secundária

Ao contrário da primária, a osteoporose secundária se desenvolve muito mais fácil em homens. Isso acontece justamente por culpa de distúrbios hormonais e até doenças renais. A baixa produção de hormônio masculino, causada pela idade mais avançada, também é um fator que ajuda no avanço da doença.

Essa categoria da osteoporose é tão nociva que até certos medicamentos podem ser um dos responsáveis pela sua manifestação. Esses medicamentos são:

  • progesterona;
  • corticosteróides;
  • hormônios da tireóide;
  • quimioterápicos;
  • anticonvulsivantes.

O que fica de aprendizado é que todas as categorias de osteoporose em idosos são preocupantes. Veja alguns sintomas e o que pode ajudar na prevenção dessa doença:

Sintomas

  • Dores nos ossos;
  • sensibilidade nos ossos;
  • diminuição da estatura corporal;
  • dores na região lombar;
  • dores no pescoço;
  • postura curvada.

Prevenção

  • Mantenha uma boa alimentação, principalmente se ela for rica em vitamina D e cálcio;
  • procure sempre se exercitar, pratique uma boa e suave caminhada;
  • tome um banho de sol sempre que puder;
  • não fume;
  • evite o consumo de café e bebidas alcoólicas;
  • visite um médico regularmente.

Conte com a Equipe Esperança e vida!

Somos uma empresa especializada no cuidado de pessoas idosas e acamadas. Oferecemos um atendimento individualizado para cada tipo de paciente. Entre em contato!
Gostou desse artigo sobre categorias de osteoporose em idosos? Fique por dentro do nosso blog:
Por que optar pela profissão de cuidador de idosos? Veja 5 razões! 
Descubra a importância da hidratação para idosos! 
5 exercícios que irão ajudar na respiração do idoso